Os símbolos e tradições do Natal


Durante o Natal, cumprimos certas tradições: a família junta-se numa Ceia de Natal; fazemos a árvore de Natal; decoramos com estrelas, velas, anjos, …; construímos o presépio; distribuímos presentes; dizemos que os presentes são entregues pelo Pai Natal. 

Mas, por que motivo fazemos tudo isto?

Qual é o significado de cada um destes símbolos e tradições?

As famílias gostam de se reunir para esperar a chegada do dia 25 de dezembro, o dia do nascimento de Jesus, por isso se reúnem na véspera, a 24 de dezembro, e comemoram com um jantar especial mais apetitoso e rico - a Ceia de Natal.

A árvore de Natal – Os povos antigos usavam o pinheiro para comemorar o solstício de inverno. Só em 1510 é que foi decorada a primeira árvore de Natal. Os cristãos gostaram da ideia e passou a ser uma tradição.

A estrela de Natal – Fazemos decorações com estrelas, porque, quando Jesus nasceu, no céu também apareceu uma estrela que ajudou a guiar os Reis Magos, a estrela de Belém.

As velas – A vela serve para iluminar, para trazer luz ao lugar onde nós estamos. Jesus para os cristãos também trouxe luz às suas vidas. Tal como a luz serve para guiar o nosso caminho, também as palavras de Jesus servem de guia para a vida de todo o cristão.

Anjos – Os anjos comunicaram aos pastores o nascimento de um Salvador, Jesus.

Presépio – O santo Francisco de Assis, que vivia em Itália, teve a ideia de fazer o primeiro presépio no Natal de 1223, para explicar às pessoas como tinha nascido Jesus. Logo outras pessoas resolveram fazer o mesmo e a tradição contínua até hoje.

Presentes de Natal – Quando os pastores viram que o Salvador era um menino que tinha nascido tão pobre quanto eles, resolveram oferecer o que traziam consigo. Os Reis Magos já estavam preparados para oferecer os melhores presentes que puderam levar consigo. Por isso, as pessoas também gostam de oferecer presentes na época do Natal.

O Pai Natal – Há muitos anos, na Turquia, um arcebispo turco, São Nicolau Taumaturgo, costumava ajudar as pessoas pobres da sua cidade, deitando-lhes moedas de ouro pela chaminé, para que elas não soubessem quem as estava a ajudar.
Mais tarde, na Alemanha, São Nicolau ficou conhecido. E os pais começaram a dizer às crianças que era São Nicolau que lhes oferecia as prendas.
A figura do Pai Natal que vive na Lapónia com as suas renas, vestido de vermelho, velhinho e de barbas brancas surgiu há poucos anos. Foi a Coca-Cola que criou essa imagem.

Comentários