Palestra sobre a "Água" - 19 de fevereiro


No dia 19 de fevereiro, a Engenheira Ana Cristina Costa do Pelouro do Ambiente da Câmara Municipal de Braga, veio à nossa escola realizar uma palestra sobre a "Água".

Estiveram presentes todos os alunos dos 2º, 3º e 4º anos.

Este tema é muito importante ser tratado pois, neste ano, comemora-se o Ano Internacional de Cooperação pela Água. E até a Semana da Leitura, em Abril,  vai ter um tema comum: o Mar.

Os alunos aprenderam ou recordaram o ciclo da água e todo o circuito que a água faz desde a nascente até à foz do rio. E todas as contaminações que sofre durante esta viagem.

Como bem sabemos, a água que se pode consumir está a esgotar-se e a rede de tratamento da água não consegue garantir uma água verdadeiramente limpa. 
O nosso país ainda vai tendo água e saneamento, porém há países em que não há água canalizada. Por exemplo, no Oriente, 60% da população não tem água canalizada e 80% não tem saneamento. Há crianças que não podem ir à escola porque têm de carregar a água para casa, durante quilómetros.
Em Portugal, a situação está a gravar-se cada vez mais, por isso é nossa obrigação poupar no consumo de água, não só por já ser escassa, mas também, porque quanto mais água gastamos, mais água temos de tratar.
Por exemplo, o tratamento da água que consumimos não consegue tratar antibióticos e outros medicamentos. Por este motivo, os antibióticos começam a não fazer efeito porque estão a ser ingeridos na água que consumimos e assim a perder a eficácia. Não nos podemos esquecer que o corpo humano é composto por cerca de 70% de água. Se a água que ingerimos não é saudável, é fácil tirar conclusões.
Os alunos escutaram atentamente as informações prestadas e ficaram conscientes que poupar no consumo de água é vital para a saúde de cada um de nós. É imprescindível poupar água sempre que fazemos a nossa higiene pessoal, na limpeza da casa e do carro, na cozinha e nos quintais e jardins. Durante a palestra, os alunos apresentaram diversas sugestões para a poupança no consumo de água e ficaram a conhecer outras. Outras problemáticas sobre a água foram tratadas e até ficámos surpreendidos com o facto de determinadas plantas, que não têm origem no nosso país, estarem a causar danos consideráveis nas águas dos nossos rios. A nossa água também é poluída de diversas formas e não só por fábricas, mas também por nós próprios, nas nossas casas. Por exemplo, sempre que deitamos na canalização óleos de fritar, detergentes e outros líquidos poluentes, esquecemo-nos que alguém vai beber essa mesma água que está longe de poder ser tratada convenientemente.

Comentários