Dia da Floresta Autóctone - 23 de novembro

O que é uma floresta autóctone?
É uma floresta composta por árvores originárias da região onde se encontram.

Porquê comemorar o dia da "Floresta Autóctone"?
Este dia serve para promover a importância da conservação das florestas naturais de Portugal e Espanha, porque as plantas autóctones já estão bem adaptadas ao nosso solo e ao nosso clima, sendo mais resistentes a pragas, a incêndios e a doenças, em comparação com outras plantas de outras regiões.
Por este motivo, devemos preservar as árvores e as florestas autóctones.

Quais são as árvores autóctones portuguesas?
As nossas principais espécies estão assim distribuídas pelo território português:
- o carvalho-roble - litoral norte;
- o padreiro (plátano bastardo) - litoral norte;
- a azinheira - sul;
- o sobreiro - sul;
- o carvalho português - região centro;
- o castanheiro - interior norte e centro;
- cerejeira-brava - interior norte e centro;
- o loureiro - litoral;
- o teixo - terras de maior altitude;
- a bétula - terras de maior altitude;
- o salgueiro - perto de cursos de água;
- o amieiro - - perto de cursos de água;
- o freixo - - perto de cursos de água;
- o pinheiro-manso - bacia do Sado;
- a oliveira - sul, centro e vale do douro...



As mais belas florestas de Portugal continental são:
- as matas do Parque Nacional da Peneda-Gerês;
- a Mata Nacional do Buçaco;
- a Mata Nacional de Leiria (Pinhal de Leiria);
- a Tapada de Mafra;
- os bosques de Sintra;
- as matas da Serra da Arrábida;
- matas da Serra da Estrela;
- e as matas das Serras do Caramulo, Montesinho, Alvão, Lousã.



Comentários